sexta-feira, 22 de maio de 2015

Responsabilidade Social e Responsabilidade Ambiental

Neste texto proponho uma reflexão sobre a incoerência de separar os aspectos social e ambiental do conceito mais amplo de sustentabilidade.

Segundo Silva, 
 “...Sustentabilidade... É o processo político, participativo que integra a sustentabilidade econômica, ambiental, espacial, social e cultural, sejam elas coletivas ou individuais, tendo em vista o alcance e a manutenção da qualidade de vida, seja nos momentos de disponibilização de recursos, seja no período de escassez, tendo como perspectivas a cooperação e a solidariedade entre os povos e as gerações” (Silva, 2006,p.132).

No meu ponto de vista, visualizar o conceito de sustentabilidade separando as duas vertentes social e ambiental, como se fossem distintas, nos faz perder de vista o próprio conceito de sustentabilidade.
A responsabilidade social e ambiental é amplamente presente e discutida dentro do contexto de sustentabilidade e não deve ser vista separadamente.
Nunca vamos atingir o objetivo de gerar uma sociedade sustentável se focarmos apenas no macro (grandes resultados e transformações) e deixarmos de lado o micro (transformação da maneira de pensar e agir de cada indivíduo).
Mas como gerar uma nova maneira de pensar numa sociedade capitalista onde vencedor é  aquele que sobrepuja o mais fraco, onde o lucro vem acima dos princípios éticos e morais? 
Nesta sociedade de consumo, predatória, são negligenciados direitos básicos como: educação, moradia, alimentação, lazer, saúde, trabalho, ir e vir, expressão, religião, família, etc.
Como fazer um indivíduo enxergar seu potencial transformador da sociedade se este não se vê com dignidade, se vive à margem, se acostumou-se com a opressão e desespero da desigualdade conquistada por nosso egoísmo?
Para mim a “Responsabilidade Social”, trabalha com o indivíduo e as expressões de desigualdade de nossa teia social, transformando o indivíduo, de maneira a torná-lo agente transformador que se compromete com a “Responsabilidade Ambiental”, dentro das empresas, órgãos públicos e casas.
A  definição de desenvolvimento sustentável é : desenvolvimento que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das futuras gerações em satisfazer suas próprias necessidades.
Logo desenvolver sustentabilidade é promover o desenvolvimento econômico simultaneamente com a geração de uma consciência de preservação ambiental. Isto significa promover relações justas de trabalho e viabilizar uma condição digna de sobrevivência. Garantindo a cada indivíduo seus direitos já estabelecido e bem definidos pela nossa constituição.


Ana Lucia F. S. Martins.

sábado, 16 de maio de 2015

              1º post Entendendo o conceito de  Sustentabilidade.

Em meados do século 20 começa  se falar em consciência ecológica e desenvolvimento sustentável.
Segundo CIOFI, 2010 sustentabilidade é um tema em pleno processo de discussão em esfera social, econômica e acadêmica. Uma variedade de concepções ao longo dos últimos anos foi refinada por importantes pesquisadores e fomentou cobranças mais rigorosas por parte da sociedade e posturas mais responsáveis por parte das corporações.